ELETRODIÁLISE

A Eletrodiálise é um processo que combina o uso de membranas de troca iônica com gradiente de potencial elétrico, objetivando a remoção de espécies iônicas de soluções aquosas. Ela é capaz de remover íons com cargas elétricas positivas ou negativas.

Uma aplicação típica é a Estabilização Tartárica de Vinhos e de Suco de Uva pela retirada de íons de tartarato e de potássio e cálcio para impedir a precipitação de tartarato de potássio.

Os cátions K+ e Ca++ são atraídos para o Catodo e os ânions Tart- - e H.Tart. – são atraídos para o Anodo. As membranas Aniônicas e Catiônicas permitem a passagem de Ânions e Cátions respectivamente, repelindo os Cátions e Ânions, respectivamente.

As membranas Catiônicas e Aniônicas são montadas de forma alternada formando uma pilha com espaçadores entre elas, para permitir o escoamento das soluções entre elas. O desenho esquemático abaixo ilustra o que ocorre na Eletrodiálise.